Quem sou eu

Minha foto
O blog é favorável à Revolta de Canudos e é um diário de Antônio Conselheiro, um dos líderes da revolta. Componentes: Artur Assis, Artur Ian, Isabela Muriel, Jadh de Castro, Lucas Dimatteu, Maria Fernanda, Vítor Oliveira

sexta-feira, 6 de maio de 2011

Em resumo, a revolta de Canudos

A ofensiva contra Canudos foi iniciada com um bombardeio, no qual foi utilizada como principal arma um canhão inglês, que geralmente era usado para derrubar torres. Para que nada desse errado, isolaram a região de Canudos, para que ninguém entrasse e nem saísse, fazendo com que não tivesse como ocorrer os socorros aos sertanejos. Com isso, a situação se agravava cada vez mais, pois faltavam mantimentos, como remédios, alimentos, água, munição etc. Minha função era de manter meus seguidores animados, mas devido a uma fatalidade (diarréia) meu estado de saúde piora. Com isso, venho a falecer no dia 22 de setembro. Meus seguidores (muito fiéis) estavam na expectativa da minha volta dos mortos, não sepultaram. Após perceberem que não reviveria, enterram-me. Enquanto ocorre meu sepultamento, as tropas militares se aproximavam, até que no dia 1º de outubro, ocorre a tomada da vila por parte das tropas militares do governo. Após a invasão, eles desenterram meu corpo (uma falta de respeito para com o povo de Canudos, mas um prêmio para o exército), arrancaram minha cabeça e levaram como troféu para Salvador, simbolizando assim, o fim de Canudos.


FONTE:
http://mundoestranho.abril.com.br/historia/pergunta_287250.shtml

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário